• Cape Psicologia

Como a Escola pode ser Continente

Texto escrito por Marília Freitas, psicóloga especialista em psicologia escolar pelo CAPE. Material desenvolvido com base no Grupo de Estudos sobre os Impactos Psicológicos da Pandemia na Escola, realizado pelo CAPE em julho de 2020.


Ser continente é ter a habilidade de conter.


Como a Psicologia Escolar pode conter as demandas práticas e emocionais das famílias durante a pandemia?


Contate! ☎️

Mantenha contato sistemático com as famílias. Pode ser por turma, individual ou em forma de plantão de atendimento.

Da mesma forma com os alunos. Pode-se ainda fazer valer dos momentos de aula para realizar intervenções como dinâmicas e até contação de histórias.


Alerte!⚠️

Converse com os professores para que eles lhe coloquem as percepções que estão tendo sobre os alunos. Observe as salas virtuais para que possa alertar aos pais quando algum aluno demonstrar estar precisando de ajuda.


Tranquilize! 💆‍♀️

Comunique os sinais de estresse e ansiedade comuns a este momento de ensino remoto. Informe as famílias das particularidades deste formato e das reações que os alunos podem ter.


Tolere! 👍

Nem todas as famílias conseguirão dar conta de todas as demandas. Tolerar as adaptações, compreendendo o tempo e as condições de cada um deve ser mais importante do que as cobranças.



26 visualizações
Entre em Contato

E-mail: cape@capepsi.com.br

Telefone: (51) 3516.5681

Escreva seu e-mail no campo abaixo para receber notícias e avisos de abertura de cursos:

Siga-nos no facebook:

CAPE - Centro de Aperfeiçoamento em Psicologia - cape@capepsi.com.br